Copyright © 2017 Maria Vilhena

O Blog da
Maria Vilhena

DIY

08/04/2019

Com o aumento do valor dos imóveis nos últimos anos, tem sido verdadeiramente desafiante encontrar a casa dos nossos sonhos. Ou, pelo menos, uma casa que vá de encontro aos nossos gostos e necessidades na mesma medida que vai de encontro ao nosso orçamento mensal.

Este é um problema que tem vindo a ganhar força sobretudo nas grandes cidades, fazendo com que muitas pessoas se vejam obrigadas a alugar ou comprar casa com áreas bem mais pequenas do que gostariam.

Mas como é que mudamos toda a nossa vida para uma casa pequena e ainda conseguimos com que pareça maior?

Parece impossível, mas não é.

Veja as dicas que alguns especialistas de design de interiores e organização têm para si:

 

1 – Organize desde o primeiro minuto

É muito importante que comece a organizar a sua casa desde o primeiro minuto. Coloque cada coisa no seu respetivo lugar e esforce-se para continuar a fazê-lo com o passar do tempo. É uma forma de conseguir ter tudo sempre organizado e limpo.

 

É muito mais fácil arrumar tudo de forma aleatória. E só porque fica numa gaveta e escondido, parece que já está arrumado. Mas não. A curto/médio prazo, pode tornar-se uma verdadeira dor de cabeça. De repente, já não sabe onde está nada e as gavetas estão atoladas de coisas e o espaço reduzido.

 

O segredo? Gavetas, caixas, cestas, frascos. Seja em que zona da casa for, use e abuse deles. Cada um com o seu item ou categoria. E se necessário, use etiquetas para que seja mais fácil de identificar.

 

As etiquetas funcionam muito bem nas arrumações do seu sótão ou garagem, caso os tenha. Utilize caixas transparentes e organize as suas coisas por categorias. Quando precisar procurar por aquele casaco que tanto gosta ou pelos seus cd’s antigos, vai saber exatamente onde estão e não vai precisar desarrumar nada para os encontrar, nem perder tempo. Se tiver uma casa funcional, vai conseguir ganhar tempo.

 

 2 – Use cada espaço de forma criativa

Agora que já sabe por onde começar, olhe à sua volta e veja como pode usar cada espaço da sua casa, por mais pequeno e improvável que lhe pareça à primeira vista.

 

Mesmo que a sua sala “grite” sofá e TV, não quer dizer que não a possa utilizar para outras coisas. O mesmo se passa com o seu sótão ou garagem. Pense como os pode utilizar para rentabilizar o espaço da sua casa. O que acha de um escritório ou um pequeno ginásio?

 

Pode também pedir a um profissional que lhe construa armários e peças de mobiliário à medida, servindo mais do que uma função, como cristaleiras com pequenas mesas embutidas que se recolhem, ou uma mesa de centro para a sua sala de estar com bastante arrumação para os seus livros e revistas.

 

E aquele pequeno espaço debaixo das escadas? Não será ideal para arrumar o aspirador e outros itens de limpeza?

 

Existem mais espaços na sua casa que pode utilizar do que aquilo que pensa. Qualquer canto pode ser convertido em espaço de organização e com certeza que a sua casa vai parecer muito maior e mais organizada.

 

3 – Não coloque coisas no chão

Claro que há coisas que não pode evitar colocar no chão, como os tapetes e os móveis. Mas se quer manter a sua casa organizada, não use o chão como espaço de arrumação.

 

Isto aplica-se a tudo e sobretudo a brinquedos. Se tem filhos sabe extamente do que falamos. Tendemos sempre a encostar os brinquedos a um canto achando que estamos a arrumar, mas na realidade não estamos.

 

Como já lhe falámos noutro artigo, um boa forma de manter a sua casa arrumada com crianças em casa, entre outras coisas, é utilizando caixas. Utilize caixas para colocar os brinquedos dos seus filhos e faça o mesmo para outros artigos que tenha.

 

4 – Utilize alguns truques

Para que a sua casa pareça maior do que é, além de ser necessário mantê-la sempre bem organizada, existem alguns truques que é sempre bom relembrar.

Utilize espelhos grandes na decoração. Um espelho bem colocado vai ampliar qualquer espaço e criar a ilusão de que toda a casa é maior do que é na realidade.

 

Abra os espaços. Se possível, deite abaixo paredes e ligue divisões, como a cozinha e a sala, por exemplo. Espaços sem divisórias tornam-se maiores.

Um dos erros mais comuns na decoração de interiores é colocar cortinas curtas nos espaços pequenos. Quando colocar cortinas, faça questão que estas sejam o mais compridas possíveis, mesmo que as janelas sejam pequenas. Pendure-as junto ao teto e deixe-as tocar no chão. Vai fazer com que a sua casa pareça maior.

 

Este truque é um pouco óbvio, mas nem sempre nos lembramos dele: utilize móveis verticais e o mais altos possíveis. Beliches, prateleiras verticais para brinquedos e estantes altas para livros.

São toques bonitos e ainda sai a ganhar. A ganhar espaço.

 

 5 – Escolha bem

Este talvez seja um dos pontos mais importantes, ou mesmo o mais importante.

 

Quando nos mudamos para uma casa nova, aquilo que mais queremos é colocá-la ao “nosso jeito” e comprar tudo o que podemos para que fique perfeita.

Além disso, os amigos e a família oferecem coisas novas e os seus filhos querem comprar todos os brinquedos que encontram.

Mas chega a um momento em que precisa dizer ‘não’, por muito difícil que seja. Pois, se quer manter a sua casa organizada, precisa ser muito exigente quanto ao que leva pra dentro dela.

Se está a pensar em comprar algo novo para a sua casa, certifique-se de que essa coisa vai servir várias funções e não é apenas mais uma coisa duplicada, que nada acrescenta além de espaço.

Mais uma vez, isso acontece muito com os brinquedos. Antes de comprar mais um brinquedo, pense onde o vai colocar. Se não tiver espaço para ele e se complicar ou arruinar todo o sistema de organização que criou, não o compre.

 

Pode também ensinar aos seus filhos a negociar e a doar brinquedos, o que lhes pode ser verdadeiramente útil no futuro.

Mostre-lhes que podem ter um brinquedo novo se abdicarem de outro que já tenham, podendo doar a outra criança com menos brinquedos que eles, por exemplo. Experimente esta tática e assim não acumulará nem perderá espaço na sua casa.

Morar num espaço pequeno pode ser um verdadeiro desafio, mas não é impossível. Se limpar a casa frequentemente e seguir as dicas que lhe mostramos, não só vai perceber que funciona, como se vai tornar cada vez menos consumista, poupando dinheiro.

 

Espaços pequenos têm uma outra vantagem incrível: tem menos espaço para limpar!

 

Mora numa casa pequena? Que mais truques conhece para manter a casa organizada e para que pareça maior do que é? Partilhe connosco nos comentários.

 

 

 

Seja o primeiro a comentar

O seu endereço de email não será publicado.